letras:

Entregar , confiar, respirar

 

Só o tempo pode alterar

Que seja verdadeira a mudança, vá!

Seu caminho tá dentro de você rapaz 

Chega da um saque na janela que hoje tá agradável 

Entregar , confiar , respirar 

O caminho se faz no andar

Entregar,  confiar, respirar

O caminho se faz

E quem vai me ver?

E quem vai vingar?

E quem vai viver rapaz?

Quem não ver o mar que não sentir

De pé eu tô no chão

E a mente ta no ar

Aterrissar

Aterrar 

Daqui pra frente , luz!

Máquina

 

Te guia transformação natural

Máquina, 

presente na vida da gente

Conecta 

Bate lá, no grave no corpo e na mente

Afinal

Não me chame, não mande 

Correio, email, whatsapp , iPhone

Login, sua senha, checado

Libere , processe , embarque e pergunte 

Pra onde vai ? pronde vem agora? 

Com quem que voce esta?

Até o fim vai viver

Parar

 

Demanda até o dia a fé

Que tudo vai mudar

Apontar para um mundo novo em direção

Não posso mais viver assim, não, não não dá

Acelerar o trem, não é bom pra mais ninguém

Eu pago mais de cem pra poder

Parar

Pra ver o vento passar

O tempo pode virar

Virá

Pra ver o vento virar

O tempo pode parar

Mudarão toda essa direção 

Você vai se atrapalhar, se desassossegar se você não parar 

Tempo espaço lugar

 

Sempre que passo tempo, não passa-tempo

Sempre que passo tempo, não passa o vento

Tempo, espaço, lugar 

Há de se sentir

Há de se olhar

E observar a nova órbita

Sempre que o corpo sentir

Sempre que o ar faltar

Sempre que a mente pedir

Posso jogar tempo fora

Sinta a luz que um dia eu fui buscar

Para te ver bem

Depois eu vou

 

Quem não vacila?

Será que você pode me dizer?

Um dia de morgação

Na vitróla toca ocê e eu

E a faxina ja venceu

Pra sentir prazer

É tanto vai e vem, tanto sim não que ja demorou

Depois eu vou

Depois eu vou

Já fui

Na vitrola toca ocê e eu

E a vacina ja venceu!